TCU determina suspensão de portaria da Cultura sobre análise de projetos da Rouanet

TCU determina suspensão de portaria da Cultura sobre análise de projetos da Rouanet
Compartilhe

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O TCU (Tribunal de Contas da União) determinou à Secretaria da Cultura do governo Bolsonaro a suspensão de portaria que trata da análise de projetos da Lei Rouanet.

A portaria da Cultura, de dezembro de 2020, estabelece o limite de seis processos analisados diariamente -uma média mensal de 120​.

A decisão cautelar é do ministro-substituto André Luís de Carvalho. Ele determinou que a pasta promova “a efetiva e imediata sustação de todos os atos resultantes da aplicação” da norma.

Relatório realizado pela área técnica do TCU havia apontado que a portaria “asfixia a condução de política pública de fomento cultural”. O documento foi elaborado pela Secretaria de Controle Externo da Educação, do Esporte e da Cultura do TCU. ​

​A unidade técnica afirmava ainda que a portaria está em descompasso com a Constituição Federal e viola o princípio da eficiência da administração pública “em face do represamento anual dos projetos culturais de fomento indireto (…) que afeta susbtancialmente a relação input/output da política pública de incentivos fiscais do setor cultural”.​

​”Trata-se de uma medida de natureza precária, que só apresentaria algum grau de eficiência caso fosse conjugada com medidas estruturais capazes efetivamente de sanar o elevado histórico de contas, cuja origem, além de razões históricas, é fortemente condicionada por seu caráter estrutural”, afirmava o documento.

Notícias ao Minuto Brasil – Cultura
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *