Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Compartilhe

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

A Strada Volcano é uma das versões de um dos lançamentos mais esperados do ano de 2020. A Nova Strada chegou em junho de 2020 para reafirmar a liderança da picape compacta.

E em meio a tantas novidades no visual e nos equipamentos, mostramos aqui tudo sobre a versão topo de linha.

A Nova Strada veio para agradar uma parcela cada vez maior de consumidores que buscam uma picape para os momentos de lazer e que leve a família inteira com conforto, além de oferecer um visual realmente diferenciado para o principal modelo da Fiat por aqui.

Confira todos os detalhes da Strada Volcano!

Strada Volcano – detalhes

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

O que separa a Strada Volcano das outras versões envolve muitos aspectos, como seu visual, a lista de equipamentos e, é claro, seu preço superior. Vamos começar falando sobre o que logo salta aos olhos.

Mesmo acostumada com o primeiro lugar em sua categoria, a antiga Strada já sentia o peso de sua idade.

O sucesso da Toro ainda reforçava que o público pedia por algo diferente, desde que a picape não abrisse mão de sua valentia. E foi exatamente isso que a Fiat fez.

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

O visual da Strada Volcano deixa isso ainda mais claro. A dianteira tem faróis bem chamativos, que nessa versão são de LED (com luminosidade superior aos da Saveiro) e contam com a luz de condução diurna. Esse detalhe é acompanhado por um friso cromado na parte superior da grade, o que deixa os faróis interligados.

Já a grade em si é preta, tendo o novo logotipo da marca bem destacado ao centro e o Fiat flag, um pequeno detalhe alusivo à bandeira italiana, no canto inferior direito. Abaixo da grade, a picape tem outra boa abertura de ar e os faróis de neblina, com a parte central destacada pela cor cinza.

O capô da nova Strada Volcano tem mais vincos que a geração anterior, deixando toda a dianteira mais musculosa e chamativa. Certamente uma das porções mais bonitas do design exterior, a parte frontal mostra como a Fiat acertou nessa renovação.

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Subindo ao teto e passando por uma boa área envidraçada, vemos outro detalhe chamativo que a Strada Volcano tem (que na verdade foi mantido do modelo antigo), que é o rack de teto integrado ao santo-antônio.

O acabamento em plástico na parte inferior da dianteira se estende por toda a lateral da carroceria e vai até a traseira, passando por caixas de rodas quadradas. Na base das portas existe outro aplique em plástico e mais vincos.

A linha de cintura ascendente começa na coluna A, passa pela altura das maçanetas e termina nas lanternas. Os espelhos retrovisores tem repetidores de seta e as rodas nessa versão são de 15 polegadas, com pneus de uso misto de medida 205/60.

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

A forte inspiração no visual da Toro fica ainda mais evidente quando chegamos à traseira da Strada Volcano, que tem lanternas bem parecidas com a irmã maior. A tampa da caçamba também vem com o novo logotipo da marca e com ressaltos nas partes superior e inferior.

A Fiat destacou no lançamento da nova picape compacta que essa tampa ganhou um amortecimento que reduz em 60% o esforço para abrir ou fechar o compartimento, o que foi um novidade muito bem recebida, além de manter uma capacidade de suportar até 400 kg sobre a tampa aberta.

Abaixo dela está o para-choque todo em plástico, mas que conta com sensores de estacionamento, degrau para acessar o interior da caçamba e um bom acabamento.

Voltando a falar do compartimento de carga, a Strada Volcano leva 650 kg (contra 720 kg dos modelos com cabine simples), com volume de 844 litros (bem menos que os 1.354 litros dos modelos voltados ao trabalho). Dentro da caçamba ainda existem quatro ganchos inferiores e superiores.

Além desses bons números de carga, a Strada Volcano também tem 210 mm de altura livre do solo, com 23,2 graus de ângulo de entrada e 28,4 graus de ângulo de saída. O ângulo central é de 21,6 graus.

O motor dessa versão também foi uma novidade para a linha da picape compacta. Além de manter o antigo 1.4 Fire de 88 cv, a gama conta com o propulsor 1.3 Firefly de 109 cv e 14,2 kgfm de torque nas opções mais caras, sempre associado ao câmbio manual de cinco marchas.

Um novo interior, mas que não é novidade

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Assim como a parte externa, o interior da Strada Volcano trouxe boas novidades para o segmento. Visualmente, temos vários elementos “emprestados” de outros modelos da Fiat, mas que até certo ponto serviram bem para dar uma renovada no habitáculo.

Por ser a opção mais cara da linha, a Strada Volcano vem recheada de equipamentos. A direção é elétrica, o volante tem vários comandos e a central multimídia de 7 polegadas tem Apple Carplay e Android Auto com conexão sem fio. A câmera de ré é outro recurso importante oferecido nessa versão.

O acabamento em geral é bom, mas nessa faixa de preço alguns poderão reclamar de aspectos como a falta de forração nas portas ou detalhes diferenciados no painel. Pelo menos o espaço interno melhorou bastante, obviamente por oferecer um banco traseiro que realmente pode levar dois adultos.

Aliás, o acesso aos bancos passa a ser oferecido de forma convencional, já que a Strada Volcano tem quatro portas e as traseiras tem 80 graus de abertura. Tudo isso torna mais fácil usar a picape como um veículo de lazer, ampliando bastante o público que pode se interessar por ela.

Nova versão Opening Edition

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Poucos meses depois de ser lançada, a Strada Volcano recebeu uma edição especial chamada Opening Edition.

Baseada na versão topo de linha, essa série chegou em setembro de 2020, sendo limitada a 250 unidades e custando R$ 92.290.

Como novidades, ela vinha com retrovisores em preto brilhante, rodas diamantadas de 16 polegadas, faixas laterais em vinil, engate fixo para reboque, divisor de carga na caçamba, adesivos e placa numerada.

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Por dentro, oferecia volante com costura exclusiva, pedais esportivos, soleiras exclusivas e ainda o Welcome Fiat, um kit dado aos compradores dessa série especial com squeeze, carteira, duas xícaras, chaveiro e carta nominal, além da entrega que poderia ser feita na casa do cliente.

O restante da lista de equipamentos não sofria qualquer alteração em relação à versão topo de linha, bem como o motor, que seguia sendo o mesmo 1.3 de 109 cv com câmbio manual de cinco marchas.

A Fiat destacou que esse lançamento foi pensado para os colecionadores, mas era difícil justificar os R$ 10 mil a mais em relação à Strada Volcano por detalhes tão pequenos.

Liderança nas alturas (e preços também)

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Ao final de 2020, com vários meses sendo vendida em nosso mercado, a Strada Volcano mostrava que a picape compacta continuava com uma liderança folgada. Infelizmente não foram divulgados dados exatos sobre as vendas de cada versão, mas no geral é fácil perceber a preferência do público pelo modelo da Fiat.

Líder entre todos os comerciais leves, a nova Strada fechou seu primeiro ano de vendas com 80.041 unidades comercializadas, contra 53.974 da Toro, 32.394 da Hilux e 30.965 da Saveiro. Ou seja, ela ficou acima não só de sua principal concorrente, mas venceu a briga interna contra a irmã maior e também vendeu mais que qualquer outra picape média.

Quando falamos apenas de seu segmento, vemos que a picape italiana ficou com 68,02% de participação, mais que o dobro da picape da Volkswagen (26,32%) e sem qualquer comparação com a já cansada Chevrolet Montana (5,66%).

Olhando os números de 2021 (janeiro e fevereiro), a história se repete. Em apenas dois meses, a nova Strada já soma 18.602 unidades contra 10.858 da Toro e apenas 5.019 da Saveiro.

Com esse cenário tão positivo, a Fiat não se intimida em anunciar constantes aumentos de preço para seu modelo mais vendido no Brasil. Em seu lançamento, o preço inicial era de R$ 63.590 para a versão Endurance 1.4 com cabine simples (ou cabine plus, como a marca prefere chamar) e R$ 79.990 para a topo de linha Volcano 1.3 com cabine dupla.

Cerca de três meses após seu lançamento, veio o primeiro aumento, elevando o preço da Strada Volcano para R$ 82.290, com alta de R$ 2.300. Logo depois, em novembro de 2020, outro reajuste fez o preço subir em R$ 1.700, alcançando R$ 83.990.

O último reajuste veio em março de 2021, quando a Fiat decidiu acrescentar mais um pouco ao preço da Strada Volcano e vendê-la por R$ 86.890. Pensando no preço de lançamento, isso significa que a picape ficou R$ 6.900 mais cara em 9 meses.

Strada Volcano – versões

Strada Volcano – equipamentos

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 2021 – motor 1.3 de 101/109 cv e 13,7/14,2 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

ITENS DE SÉRIE: Airbag lateral, Airbag duplo (motorista e passageiro), Ajuste do banco do motorista, Alarme antifurto, Alerta de uso do cinto de segurança passageiro, Alertas de uso de cinto de segurança do motorista, Alça de segurança lado passageiro, Apoio de pé para o motorista, Apoios de cabeça com regulagem de altura, Apoios de cabeça traseiros com regulagem de altura, Ar-condicionado, Bancos em couro/tecido, Barras longitudinais no teto, Capota marítima, Central Multimídia com tela de 7 polegadas com Apple Carplay e Android Auto sem fio, Chave com telecomando, Cintos de segurança retráteis de 3 pontos com regulagem de altura, Cintos de segurança traseiros (laterais e central) retráteis de 3 pontos, Comandos de áudio no volante, Computador de bordo, Console central com porta-objetos e porta-copos, Conta-giros, Controle eletrônico de estabilidade, Câmera de ré, Direção elétrica, E-locker – Controle de Tração Avançado (TC+), Espelho no parasol lados motorista e passageiro, Faróis de neblina, Faróis em LED, Follow me home, Freios ABS com EBD, Isofix, Ganchos para amarração de carga na caçamba, Grade de proteção no vidro traseiro, Grade frontal na cor preta, Hill Holder, Hodômetro digital (total e parcial), Indicador de troca de marcha, Limpador e lavador do para-brisas, Luz de iluminação da caçamba, Luzes de posição diurnas, Moldura dos para-lamas, Para-choque traseiro com estribos antiderrapantes, Porta USB adicional, Protetor de caçamba, Retrovisores externos elétricos, Rodas em liga leve 15” + Pneus 205/60 R15 ‘ATR’, Rádio com entrada USB, Santo-antônio, Sensor de estacionamento, Sensor de monitoramento da pressão dos pneus, Tampa da caçamba com nova tecnologia, Tomada 12V, Travas elétricas, Vidros elétricos, Volante com regulagem de altura, Volante em Couro, entre outros.

OPCIONAIS:

  • Rodas de liga leve de 16 polegadas com pneus 205/55 R16 – R$ 2.550

Strada Volcano – preços

  • Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 2021 – R$ 86.890

Strada Volcano – motor

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Assim como as duas versões Freedom, a Strada Volcano utiliza o motor 1.3 Firefly, o mesmo usado pelo Argo. Esse propulsor é transversal e tem injeção multiponto, 4 cilindros em linha e 8 válvulas.

Ele entrega 101 cavalos com gasolina e 109 cavalos com etanol, sempre a 6.250 rotações por minuto. Seu torque é de 13,7 kgfm com gasolina e 14,2 kgfm com etanol, com força máxima sendo entregue a 3.500 rpm. Todas as versões da nova Strada tem tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas.

Um outro detalhe na parte mecânica da picape que é importante destacar é sua confiabilidade e manutenção barata, o que a torna excelente para o trabalho.

Pensando nisso, a Fiat decidiu manter a suspensão de eixo rígido na traseira, enquanto a dianteira tem o sistema independente do tipo McPherson. Novas molas e amortecedores também foram adicionados.

Strada Volcano – desempenho

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

Confira como ficou o desempenho da Strada Volcano com seu novo motor, em tempo de aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima:

  • Strada Volcano – 11,2 segundos e 168 km/h

Strada Volcano – consumo

CONSUMO CIDADE:

  • Strada Volcano – 8,4 km/l com etanol e 12,1 km/l com gasolina

CONSUMO ESTRADA:

  • Strada Volcano – 9,4 km/l com etanol e 13,3 km/l com gasolina

Strada Volcano – manutenção e revisão

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

As revisões da Strada Volcano, assim como o restante da linha da picape, são feitas a cada 10.000 km ou 12 meses, o que ocorrer primeiro. Em seu lançamento, a Fiat destacou algumas novidades importantes no pós-vendas do modelo.

A garantia de fábrica, pela primeira vez, passa a ser de 3 anos. A marca ainda oferece planos adicionais que aumentam esse período em 12 ou 24 meses, o que pode esticar a cobertura para 5 anos de garantia.

Até mesmo clientes profissionais podem optar por planos de manutenção específicos, como motor e câmbio.

Confira os valores detalhados de cada revisão:

  • 10.000 km – R$ 412,00
  • 20.000 km – R$ 528,00
  • 30.000 km – R$ 424,00
  • 40.000 km – R$ 1.068,00
  • 50.000 km – R$ 440,00
  • 60.000 km – R$ 636,00

Strada Volcano – ficha técnica

Motor

Firefly 1.3

Tipo

Dianteiro, transversal e flex

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm³

1.332

Válvulas

8

Taxa de compressão

13,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima

101 cv (gasolina) e 109 cv (etanol) a 6.250 rpm

Torque Máximo

13,7 kgfm (gasolina) e 14,2 kgfm (etanol) a 3.500 rpm

Transmissão

Tipo

Manual de 5 marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Traseira

Eixo rígido, com molas parabólicas

Rodas e Pneus

Rodas

Rodas de liga-leve de 15 polegadas

Pneus

205/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.480

Largura (mm)

1.732

Altura (mm)

1.595

Distância entre os eixos (mm)

2.737

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

650

Tanque (litros)

55

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

1.174

Vão livre do solo (mm)

210

Strada Volcano – fotos

Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos
Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos

© Noticias Automotivas. A notícia Strada Volcano: motor, consumo, equipamentos, detalhes e fotos é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *