Presa em Mato Grosso escrivã acusada de furtar em delegacia droga avaliada em R$ 260 mil

Compartilhe

A Polícia Civil informou, esta tarde, que cumpriu mandado judicial e prendeu ontem, em Alto Garças (360 km ao Sul de Cuiabá), uma servidora do município, 29 anos, que estava cedida temporariamente para trabalhar como escrivã na delegacia, investigada por furtar 30 quilos de entorpecente que haviam sido apreendidos. Outras duas pessoas foram presas e apreendidos quase R$ 50 mil em espécie, dois veículos e aparelhos eletrônicos.

A investigação da própria delegacia apontou que a escrivã ad hoc (temporária) furtou o entorpecentes que estavam na delegacia, teria revendido por R$ 260 mil em Rondonópolis. Ela procurou um comparsa e ofertado a ele R$ 50 mil para que fizesse a venda.

A partir das informações coletadas inicialmente, o delegado de Alto Garças José Mauro Dias de Souza representou à justiça pelos mandados judiciais e policiais localizaram na residência dela quase R$ 50 mil em notas diversas, escondidos debaixo de um sofá. Foram aprendidos ainda dois veículos adquiridos (um Hyundai HB20 e um VW Golf Sportline) com a ação criminosa, celulares e notebooks.

Um dos presos relatou aos policiais que a servidora retirou o entorpecente da delegacia, levou no próprio carro até ele, a quem ela prometeu pagar a quantia de R$ 50 mil para que a ajudasse a vender. Ele informou ainda que parte da droga foi enterrada em uma chácara mas não foi encontrada.

O outro preso, de 25 anos, tem parentesco com ela e foi apreendido com um dos veículos. Os policiais continuaram diligências para localizar um dos veículos que teria sido adquirido com dinheiro do crime, uma moto Biz, de cor azul, adquirida pela autuada em Rondonópolis, no valor de R$ 13 mil.

O delegado José Mauro pontua que chamou a atenção da equipe, no início da investigação, o incremento de gastos da suspeita e dois outros dois envolvidos. Ela comprou uma motocicleta no valor de R$ 13 mil e pagou uma dívida de aproximadamente R$ 10 mil em uma loja. Já o comparsa comprou um Golf branco, no valor de R$ 28 mil e o outro um Golf prata no valor de 34 mil.

Polícia – Só Notícias
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *