Governo de MT diz que é o ultimo no ranking de vacinação no país por falta de atualização de sistema pelas prefeituras | Mato Grosso

Governo de MT diz que é o ultimo no ranking de vacinação no país por falta de atualização de sistema pelas prefeituras | Mato Grosso
Compartilhe

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) afirmou nessa quarta-feira (31) que o governo estadual tem feito a distribuição das vacinas aos municípios, conforme estabelece o Plano Nacional de Imunização. Segundo o governo, a falta de atualização do sistema por parte das prefeituras tem feito com que Mato Grosso fique atrás no ranking dos estados que mais vacinam no país.

Mendes pede que os prefeitos atuem mais firme para que os dados sobre a vacinação contra a Covid-19 sejam atualizados.

Em coletiva de imprensa, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, ressaltou reunião com os 141 municípios de Mato Grosso, para cobrar das secretarias municipais a comunicação diária das doses aplicadas.

Mato Grosso é o estado que menos vacinou contra a Covid-19 no país, de acordo com dados divulgados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa, que coleta dados das secretarias estaduais de cada estado. Apenas 4,56% da população do estado foi vacinada com a primeira dose.

Porcentagem de doses aplicadas por estado

Mato Grosso é estado que menos vacinou no Brasil

Fonte: Consórcio de veículos de imprensa

No dia 25 de março, o Consórcio registrou que Mato Grosso era o terceiro estado que menos vacinou no país. Após cinco dias, o estado passou a ser o último no ranking de vacinação. Mato Grosso do Sul é o que mais vacinou, com 10,08% da população imunizada.

Em Mato Grosso, 4,5% de vacinados corresponde a 160.720 pessoas. Desse total 62.252 pessoas receberam a segunda dose. Esse número é considerado baixo em comparação a 1 milhão e 120 mil de pessoas que fazem parte dos grupos prioritários estimado pelo Ministério da Saúde.

Mato Grosso registrou 100 mortes em decorrência da Covid-19 e 2.846 novos casos nas últimas 24 horas. Até quarta-feira (31), a Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou 310.337 casos confirmados da doença e 7.675 óbitos.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 496 internações em UTIs públicas e 529 enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,02% para UTIs adulto e em 62% para enfermarias adulto.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *