Covid-19: Venezuela com novo recorde de casos

Covid-19: Venezuela com novo recorde de casos
Compartilhe

A Venezuela registrou nesta quarta-feira 1.348 novos casos confirmados de coronavírus, o valor mais alto desde o início da pandemia de covid-19 no país, em março de 2020, anunciou a vice-presidente venezuelana, Delcy Rodríguez.

“A Comissão Presidencial para a Prevenção e Controlo da Covid-19 informa que nas últimas 24 horas registraram-se 1.348 novos contágios no país (1.337 casos comunitários e 11 importados)”, escreveu na rede social Twitter.

Segundo Delcy Rodríguez, a região “com maior número de novos casos comunitários nas últimas 24 horas” é o estado venezuelano de Miranda, vizinho da capital (279), com casos ativos em 16 municípios, seguindo-se a cidade de Caracas (253) e o estado de La Guaria, também vizinho da capital, com 166 infecções.

Além disso, nas últimas 24 horas morreram 13 pessoas, acrescentou.

Delcy Rodríguez precisou ainda que a Venezuela contabilizou 1.602 mortes e 160.497 casos de covid-19 desde o início da pandemia.

A governante informou que 147.846 pacientes (92%) recuperaram da doença, havendo atualmente 11.049 casos ativos no país.

Em 22 de março, o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, decretou duas semanas de “quarentena radical”, até depois da Páscoa, para tentar travar a propagação local da variante do novo coronavírus detectada no Brasil.

Em 02 de março de 2021, o país recebeu meio milhão de doses de vacinas da farmacêutica estatal chinesa Sinopharm, depois de ter recebido, em fevereiro, as primeiras 100 mil doses da vacina russa.

Entretanto, na segunda-feira chegaram ao país mais 50 mil doses da vacina russa Sputnik V.

De acordo com a Academia de Medicina da Venezuela, o país necessita de 30 milhões de vacinas para 15 milhões de pessoas, 3,5 milhões das quais pessoal prioritário.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.805.004 mortos no mundo, resultantes de mais de 128,1 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

Leia Também: EUA com 1.055 mortos e 66.088 casos nas últimas 24 horas

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *