Saúde estadual alerta municípios para aumento de casos de malária

Saúde estadual alerta municípios para aumento de casos de malária
Compartilhe

Saúde estadual alerta municípios para aumento de casos de malária

Doença de notificação obrigatória ao Estado, a malária é diagnosticada e tratada inicialmente pela Atenção Primária


Rose Velasco e Ana Lazarini

| SES-MT

Malária é uma doença infecciosa febril aguda e transmitida pela picada do mosquito Anopheles – Foto por: Banco de Imagem

Malária é uma doença infecciosa febril aguda e transmitida pela picada do mosquito Anopheles

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Vigilância Epidemiológica Estadual, emitiu alerta aos municípios para o aumento de casos de malária em áreas de garimpo. A malária é uma doença de notificação obrigatória ao Estado, que é diagnosticada e tratada inicialmente pela Atenção Primária dos municípios.

Um comparativo entre o período de janeiro a fevereiro de 2020 (234 casos) e de janeiro a 18 de fevereiro de 2021 (717 casos) aponta o aumento de 306% de casos da doença. De acordo com os dados oficiais, em 2021, houve o registro de um óbito pelo município de Várzea Grande, porém a origem da provável infecção se deu no município de Pontes e Lacerda.

“Alertamos os profissionais de saúde para redobrarem a atenção no diagnóstico e tratamento da malária, dando atenção aos casos suspeitos oriundos de áreas de garimpo e na probabilidade de uma coinfecção com a Covid-19”, destaca a superintendente de Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Alessandra de Moraes.

A malária é uma doença infecciosa febril aguda e transmitida pela picada do mosquito Anopheles. Os sintomas são: febre, calafrios, cefaleia, sudorese, mialgia, náuseas e vômitos.

Os sinais de malária grave e complicada são: temperatura de 41 graus, convulsão, vômitos repetidos, dispneia, anemia intensa, hemorragias e alterações de consciência. O diagnóstico precoce e o tratamento correto evitam o agravamento do quadro de saúde e o óbito pela doença.

Os medicamentos utilizados para o tratamento da doença são fornecidos aos 16 Escritórios Regionais de Saúde (ERS) da SES, que realizam a distribuição aos municípios de abrangência territorial.

C

Read More
Governo do Estado de Mato Grosso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *