Curta-metragem “Grãos” é produzido em MT e mostra impactos da produção de soja na vida da população | Mato Grosso

Curta-metragem “Grãos” é produzido em MT e mostra impactos da produção de soja na vida da população | Mato Grosso
Compartilhe

Sobre as mudanças na vida da população devido à soja, será produzido em Nova Xavantina, a 660 km de Cuiabá, o curta metragem Grãos, uma obra que pretende conhecer e dar voz a algumas das muitas histórias tocantes por trás da produção de soja em Mato Grosso.

Selecionado no edital Nascentes da Lei Aldir Blanc, o projeto é resultado da união entre duas cineastas – Danielle Bertolini, de Mato Grosso, e Milena Moura, de São Paulo; e dois moradores de Nova Xavantina, a bióloga e pesquisadora Rosely Sanches e o fotógrafo Marcelo Okimoto, que buscam conhecer e apresentar algumas das histórias por trás deste que é um dos grãos que movem toda a economia brasileira.

Nos últimos dez anos, o Brasil elevou sua produção de soja –usada também na produção de óleo– de 75 milhões para mais de 130 milhões de toneladas, em 2020. O país superou os Estados Unidos e se tornou o maior produtor mundial da commodity.

Mas afinal, como a soja mudou a vida de pessoas comuns, moradores da histórica cidade de Nova Xavantina, no nordeste de Mato Grosso?.

Se abrindo ao prosaico e ao inusitado, o filme trará um prisma pessoal a este grão tão central ao noticiário econômico brasileiro das últimas décadas. Para que este filme exista, a equipe convida aos moradores de Nova Xavantina e região a se inscreverem, compartilhando suas histórias de vida e trajetórias transformadas pela soja.

Para se inscreverem, as pessoas podem enviar um áudio ou um vídeo selfie filmado em formato horizontal por WhatsApp ou por e-mail de 24 de fevereiro a 5 de março.

Para trazer estas histórias à tela, a produtora Cumbaru Produções Artísticas, sediada em Cuiabá, foi contratada para produzir o curta-metragem, e conta com o apoio da Miluspanda Produções, uma produtora paulista com foco no mercado chinês. Além do interesse em ouvir e apresentar algumas das histórias marcantes e marcadas pela soja, o objetivo é que o filme possa participar da vida dos moradores da cidade, retratando na tela algumas das suas histórias. Por isto está prevista uma exibição especial em Nova Xavantina, antes mesmo da estreia da obra em festivais e mostras de cinema nacionais e internacionais.

O curta “Grãos” é realizado com recursos do edital da Lei Aldir Blanc – viabilizado pelo governo de Mato Grosso via Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer, em parceria com o governo federal, via Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo.

No Oeste do Mato Grosso, entre os meses de fevereiro a abril, todas as formigas estão fora do formigueiro. É o período da colheita da soja, o grão que desde meados da década de 1970 vem se tornando um dos sustentáculos da economia brasileira. Em “Grãos” ouvimos as histórias que emocionaram e transformaram a vida de alguns moradores do MT, de Nova Xavantina à Querência, tecendo também uma história que passa pelas transformações da região desde a década de 1970 até os dias de hoje.

“Grãos” propõe a criação de uma obra do chamado cinema de encontro em torno de uma questão: “A soja mudou a sua vida? Conte a sua história”. Neste documentário de curta-metragem, diversas pessoas, denominadas pioneiras, serão entrevistadas e nos contarão a história de como a soja transformou suas vidas.

Uma após a outra, o filme trará pessoas que compartilham conosco o momento de filmagem, moradores da cidade de Nova Xavantina, Canarana e/ou Querência, com idades que vão de 18 a 90 anos; de profissões variadas, tais como a de agricultores, militares, professores, dentre outras.

Pessoas que revelam a diversidade da cultura de Mato Grosso desde o prisma de suas subjetividades, tal como manifestas no momento de encontro com a equipe de filmagem e cujas histórias nos permitem refletir sobre a importância e o papel da soja no Brasil e no mundo.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *