Taxa de ocupação de UTIs para pacientes com Covid em hospitais particulares sobe para 86% em Cuiabá | Mato Grosso

Taxa de ocupação de UTIs para pacientes com Covid em hospitais particulares sobe para 86% em Cuiabá | Mato Grosso
Compartilhe

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para o tratamento da Covid-19 nos hospitais particulares em Cuiabá, está em 86%, até essa segunda-feira (21). Na semana anterior, a taxa estava em 80%. As informações são do Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindessmat)

Segundo o sindicato, a taxa de ocupação nos leitos de internação em enfermaria está em 80%, enquanto que na semana passada estava em 60%.

Atualmente, 319 pessoas estão internadas em unidades públicas e particulares por causa da Covid-19 em Cuiabá.

Desde o início da pandemia, já foram registrados 52.162 casos da Covid-19 e 1.474 mortes na capital em decorrência da doença.

O Sindessmat reforça que, se necessário, as unidades podem remanejar novos leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19 e segue monitorando o comportamento do vírus no estado.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até esta segunda-feira (22), 242.846 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e 5.651 óbitos em decorrência do coronavírus.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 327 internações em UTIs públicas e 309 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 74,83% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (51.875), Rondonópolis (18.355), Várzea Grande (15.350), Sinop (12.579), Sorriso (10.141), Tangará da Serra (9.832), Lucas do Rio Verde (9.135), Primavera do Leste (7.218), Cáceres (5.412) e Nova Mutum (4.989).

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *