Portugal registra mais 63 mortos e 1.032 casos confirmados de Covid-19

Portugal registra mais 63 mortos e 1.032 casos confirmados de Covid-19
Compartilhe

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou nesta terça-feira que foram identificados, nas últimas 24 horas, mais 63 óbitos e 1.032 contágios de Covid-19 em Portugal.

De ontem para hoje, verifica-se um aumento de 0,13 % no número de casos diários e de 0,39% no de mortos. Importa recordar que na segunda-feira foram contabilizados mais 61 óbitos e 549 novas infecções.

No total, o país passa a somar, desde o início da pandemia, 16.086 vítimas mortais e 799.106 contágios por Covid-19.

Neste momento, o número de casos ativos em todo o território nacional desceu para 77.044, menos 3.598 casos do que ontem, bem como o número de pessoas vigiadas pelas autoridades de saúde que hoje é de 70.767, menos 8.932 do que na véspera.

Quanto aos internamentos, verifica-se uma quebra bastante significativa, sendo que, atualmente, 3.012 pessoas diagnosticadas com a Covid-19 estão hospitalizadas no país, menos 310 do que na segunda-feira, e 597 estão em Unidades de Cuidados Intensivos, menos 30 do que ontem.

Ainda segundo a DGS, mais 4.567 pessoas infectadas com o novo vírus tiveram, nas últimas 24 horas, alta das autoridades de saúde, elevando o número total de recuperados em Portugal, desde o aparecimento do primeiro caso, para 705.976.

Por regiões, o Norte do país contabiliza até hoje 324.905 casos confirmados (mais 186) e 5.168 mortos (mais nove). Lisboa e Vale do Tejosoma 302.013 contágios (mais 493) e 6.699 óbitos (mais 36), enquanto o Centro registra 114.245 infectados (mais 146) e 2.870 vítimas mortais (mais 11). Já o Alentejo reporta 28.224 casos (mais 50) e 929 mortos (mais cinco) e o Algarve conta com 19.893 contágios (mais 61) e 332 óbitos (mais dois).

Nas Regiões Autônomas, os Açores contabiliza 3.725 infectados (mais três) e 28 vítimas mortais e a Madeira soma 6.101 casos (mais 93) e 60 mortos. Em nenhum dos arquipélagos foram registradas vítimas mortais, nas últimas hora, devido ao novo coronavírus.

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *