Duda Reis ganha funk do cantor MC Romy após fazer denúncia contra Nego do Borel

Duda Reis ganha funk do cantor MC Romy após fazer denúncia contra Nego do Borel
Compartilhe

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A modelo e atriz Duda Reis, 18, ganhou mais uma demonstração pública de apoio depois de denunciar o cantor Nego do Borel, 28, por violência física e psicológica durante o relacionamento dos dois. Desta vez, o apoio veio em forma de funk, com a música “Tropa das Mulheres Disk 180”, lançada pelo MC Romy, 27.

O cantor carioca disse que fez a música para as mulheres que “passaram por alguma situação de abuso físico ou emocional, como Duda Reis”. O próprio nome da música já traz o número da Central de Atendimento à Mulher, 180, criado pelo governo federal para denúncias de casos de violência contra a mulher.

“Tive a ideia de fazer essa música pois fiquei muito sensibilizado com a história e coragem dessas mulheres que apareceram na mídia, principalmente a Duda Reis”, diz Romy, que engrossou a lista de famosos que saíram em apoio a atriz, que inclui as cantoras Anitta, 28, e Gabily, 25; as influenciadoras Gabriela Publiesi, 34, e Andressa Suita, 33; entre outras.

No lugar de imagens no clipe postado no YouTube, o cantor inseriu uma tela preta com informações sobre a violência contra as mulheres. Ele publicou, por exemplo, que uma mulher é morta a cada nove horas e que a violência contra elas cresceu 44,9% durante a pandemia.

A inspiração para Romy, no entanto, não veio apenas da televisão, mas também de um episódio de violência doméstica na família. Uma prima do cantor foi agredida pelo ex-namorado e chegou a ficar internada. Na opinião dele, os homens deveriam se unir e fazer um movimento para mudar essa realidade.

“Acredito que o funk como um ritmo popular tem também o papel de abordar temas reflexivos na nossa sociedade. O papel do homem do presente e do futuro é desconstruir. Sou totalmente contra comportamentos abusivos”, disse o artista.

Romy começou na música cantando louvores nas missas na igreja católica Padre Eterno e São José, na comunidade de Cidade de Deus, zona oeste do Rio, onde morava com a família.

Aos 20, começou a carreira no funk como forma de se expressar artisticamente e com letras engajadas em questões sociais, como empoderamento das mulheres.

A próxima música do artista, que será lançada em março, vai tratar do preconceito com as mulheres que já passaram dos 40 anos. Com o funk “As Novinhas Passaram, Agora é a Vez das Coroas” ele quer enaltecer as mulheres mais maduras e fortalecer a luta contra o preconceito. “Elas podem ser livres e fazerem o que quiser independente da idade”, afirma.

HOMENAGEM A MARINA RUY BARBOSA
Duda Reis não é a primeira celebridade enaltecida pelas músicas de funkeiro. Outra atriz homenageada pelo cantor foi Marina Ruy Barbosa, 25, que ganhou a música ‘O Brasil Te Ama’, após ter sido apontada como pivô do fim do casamento dos atores Débora Nascimento e José Loreto, em 2019. Ela negou o caso com o colega de elenco.

MC Romy disse que fez a canção após ler comentários de apoio à atriz em meio às polêmicas nas quais o nome dela foi envolvido. A atriz Luma Costa, 32 postou no Instagram a homenagem à amiga e pediu para seus seguidores compartilharem. “Venceu na vida, amiga. Funkão. Quem conhece sabe o quanto ela ama funk. Viralizem já”, escreveu a artista.

Notícias ao Minuto Brasil – Fama
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *