Araújo é reeleito presidente nacional do PSDB e Leitão 1º secretário; Dória saiu ‘derrotado’

Araújo é reeleito presidente nacional do PSDB e Leitão 1º secretário; Dória saiu ‘derrotado’
Compartilhe

O ex-ministro e ex-deputado federal Bruno Araújo (PE) foi reeleito, hoje, presidente nacional PSDB até maio de 2022. A decisão unânime da executiva nacional do partido, que teve reunião on line, referendou ofício assinado pelos presidentes de diretórios estaduais e pelas bancadas na Câmara e no Senado.

Havia articulação do governador de São Paulo, João Doria, para assumir a presidência nacional da sigla e encaminhar candidatura a presidente da República. Doria voltou a criar crise no partido, esta semana, ao defender a expulsão do deputado Aécio Neves (MG) acusado de receber propina de uma empresa. Suas recentes articulações para assumir o comando nacional do PSDB não prosperaram com a decisão de hoje. Houve criticas de lideranças tucanas a forma com quem Doria se posicionou para tentar presidir o partido.

O ex-deputado mato-grossense e ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão permanece na executiva nacional do PSDB como 1º secretário. Ele também participou da decisão de hoje.

A executiva garantiu ainda autonomia para que os diretórios estaduais e municipais possam decidir sobre a prorrogação ou não dos mandatos locais.

“Essa recondução é fruto do trabalho agregador do presidente Bruno Araújo e será importante para a nossa unidade e para que o partido siga ajudando a construir um país melhor”, argumentou o Líder do PSDB na Câmara, deputado Rodrigo de Castro. “A decisão é uma demonstração de convergência do partido, de alinhamento, que teremos também nas votações do Congresso”, disse, através da assessoria, o líder do PSDB no Senado, Izalci Lucas.

As lideranças também fizeram avaliação positiva das eleições de novembro passado. O PSDB teve 520 prefeitos eleitos.

Política – Só Notícias
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *