VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas!

VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas!
Compartilhe

VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas!

Dizem que os chineses conseguem clonar quase qualquer coisa, de smartphones a até caças stealthy, segundo alguns. De qualquer forma, o país que hoje é o maior mercado do mundo, aprendeu a fazer muita coisa própria, inclusive carros.

Contudo, as cópias de produtos estrangeiros continuam firmes e fortes por lá, mesmo com o mercado local recebendo diversos projetos autóctones que impressionam de verdade.

Observando o banner de um anúncio de aumento de preço da gasolina num site chinês, onde se apresenta um VW Fusca, decidimos resgatar um exemplo de como eles clonam carros e os exibem no país sem temor das autoridades.

VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas!

Em 2015, a empresa VIDOEV quis clonar o Beetle vigente, que aqui era vendido como Fusca. Mas, não apenas isso, a clonadora asiática queria “melhorar” o projeto da Volkswagen e adicionou mais duas portas ao cupê alemão.

Com quatro portas, o besouro chinês era bem estranho, ainda mais com rodas pequenas e a aparência tosca das portas extras. Além disso, o veículo foi mostrado com interior apenas nas chapas de aço, mas com o painel clonado do Beetle original. Reparou no logo da Nissan e no escape cromado?

Como a VIDOEV era um fabricante de carros elétricos de baixo desempenho, ela não procurou adicionar mais força do Fusca Xing Ling, montando um motor elétrico de apenas 28 cavalos, suficiente para que ele não passasse de 45 km/h.

VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas!

Tendo até defletor de ar sobre a tampa traseira, o Beetle da 25 de Março tinha ainda baterias volumosas, compostas de chumbo-ácido, numa época em que o lítio já estava em evidência na indústria.

Aliás, o tal Fusca clonado nem precisou de muito esforço para ser esquecido localmente, visto que marcas como Volkswagen simplesmente acreditam que os compradores não iriam atrás de veículos desse tipo.

Além disso, o preço proposto pela VIDOEV era de astronômicos US$ 16.000 ou metade do preço de um Beetle vendido na China, importado do México. Bom, nem é preciso dizer que esse tipo de carro, se ainda existir, não passará de uma grande piada.

[Fotos: Car News China]

© Noticias Automotivas. A notícia VW: Quando os chineses clonaram o Fusca e com quatro portas! é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *