Três mil alunos de MT fazem 1ª prova do Enem virtual no próximo domingo | Mato Grosso

Três mil alunos de MT fazem 1ª prova do Enem virtual no próximo domingo | Mato Grosso
Compartilhe

Três mil alunos de Mato Grosso devem realizar a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na versão digital no próximo domingo (31). A segunda aplicação será no dia 7 de fevereiro de 2021.

Farão a prova apenas alunos de Cuiabá, Rondonópolis e Tangará da Serra. Na capital, estão inscritos 1,7 mil estudantes. Já em Rondonópolis e Tangará são 800 e 500 inscritos, respectivamente.

  • Veja 10 perguntas e respostas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) selecionou instituições que tivessem um padrão mínimo de tecnologia nos computadores, com orientações específicas sobre tamanho do monitor, capacidade de memória e modelo de processador. Mas a disposição das máquinas na sala de aula vai depender de cada local de prova.

Para evitar a ‘cola’, as máquinas não terão acesso à internet nem lerão CDs ou dispositivos conectados por cabo USB. O candidato também não conseguirá usar programas de edição de texto (como Word) ou calculadora.

A média será de 25 computadores por sala.

As questões de múltipla escolha serão respondidas no computador. O candidato clica em uma das alternativas e, em seguida, dá um ‘salvar’.

As provas impressas foram aplicadas aos alunos nos dias 17 e 24 deste mês.

Foram 98.924 mil inscritos para a versão tradicional, mas mais de 56 mil não compareceram aos locais de prova no primeiro dia (57%).

Já no segundo dia de prova, a abstenção foi ainda maior. Mais de 60,1% dos alunos não realizaram o segundo dia do Exame.

O Enem é considerado o maior vestibular do país, e a nota serve para disputar vagas em universidades e ter acesso a programas de bolsas (Prouni) ou financiamento de mensalidade (Fies).

Mais de 18 mil candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 tiveram o pedido aceito para fazer o exame em fevereiro por terem sintomas de doenças infectocontagiosas no país.

É a primeira vez que o Inep permite que os candidatos peçam a reaplicação por estes motivos, medida aplicada devido à pandemia de Covid-19, mas que também incluía outras doenças, como sarampo.

Qualquer participante que se sentiu prejudicado, a partir de 25 de janeiro, como está previsto no edital, poderá pedir a reaplicação nos dias 23 e 24 de fevereiro.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *