PagSeguro será primeira brasileira listada nos EUA a ter ações negociadas no Brasil

PagSeguro será primeira brasileira listada nos EUA a ter ações negociadas no Brasil
Compartilhe

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A PagSeguro será a primeira empresa brasileira com capital aberto nos Estados Unidos a também ser negociada no Brasil. A partir de segunda-feira (1º), a companhia de pagamentos terá BDRs (recibos depositários de ações) listados na B3.

Os BDRs são certificados emitidos por bancos que representam ações de empresas listadas em outros países.

O BDR da PagSeguro é do tipo não patrocinado, ou seja, não é uma oferta de iniciativa da empresa e sim do banco que compra as ações nos EUA e as negocia no Brasil.

Neste caso, a iniciativa foi da B3, empresa que administra a Bolsa de Valores de São Paulo.

As ações da PagSeguro estão listadas na Bolsa de Nova York (Nyse), negociadas em dólares. Por meio desses recibos, elas serão indiretamente negociadas no Brasil, em reais, e podem ser adquiridas por qualquer corretora, tal como são feitas compras de ações.

No caso da PagSeguro, cada BDR representará um quinto de uma ação da empresa. Considerando o fechamento desta quinta-feira (28), em que o papel da empresa na Nyse fechou a US$ 49,67 (alta diária de 5,75%) e o dólar a R$ 5,4360, segundo cotação da CMA, a ação equivale a R$ 270 na íntegra. Um quinto vale R$ 54.

Além da oscilação das ações em Wall Street, o BDR acompanha a cotação do dólar. Quanto mais alto o valor em reais da moeda americana, maior a cotação do BDR.

A negociação de brasileiras com capital aberto no exterior na B3 foi autorizada em 2020 pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Com a mudança na regra, além da PagSeguro, empresas como XP, Vasta e Stone também podem listar seus BDRs no Brasil.

Leia Também: Brasileiros tentam repetir ‘efeito GameStop’ com ações do IRB, que disparam 18%

Notícias ao Minuto Brasil – Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *