MT recebe 5ª paciente de Rondônia em estado grave com Covid-19 | Mato Grosso

MT recebe 5ª paciente de Rondônia em estado grave com Covid-19 | Mato Grosso
Compartilhe

Mato Grosso recebeu nesta quinta-feira (28) a quinta paciente de Rondônia em estado grave da Covid-19. Com 61 anos, ela foi internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá.

A paciente chegou no estado em uma aeronave fretada pelo Governo de Rondônia, no Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande, e foi conduzida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) à unidade hospitalar municipal.Além de

  • Governo prorroga contrato de fornecimento de oxigênio ao Hospital Metropolitano em Várzea Grande (MT) por mais 6 meses

la, outros dois pacientes de Rondônia foram internados no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, e mais dois no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande.

De acordo com a Central da Regulação da Secretaria Municipal da capital, outros seis pacientes serão transferidos pela Prefeitura de Cuiabá: dois irão para o Hospital Julio Muller, dois para o Hospital de Referência (antigo Pronto Socorro) e dois irão para o Hospital São Benedito.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até esta quinta-feira (28), 213.734 casos confirmados da Covid-19 e 5.069 mortes em decorrência da doença em Mato Grosso.

Foram notificadas 1.508 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Atualmente, 7.936 estão em isolamento domiciliar e 199.694 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 282 internações em UTIs públicas e 304 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 71,87% para UTIs adulto e em 35% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (46.308), Rondonópolis (14.366), Várzea Grande (14.042), Sinop (11.269), Tangará da Serra (9.283), Sorriso (9.176), Lucas do Rio Verde (8.505), Primavera do Leste (6.504), Cáceres (5.010) e Nova Mutum (4.468).

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *