Deputado propõe que ALMT devolva ao governo R$ 50 milhões para viabilizar compra direta de vacinas contra Covid-19 | Mato Grosso

Deputado propõe que ALMT devolva ao governo R$ 50 milhões para viabilizar compra direta de vacinas contra Covid-19 | Mato Grosso
Compartilhe

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), afirmou nesta quinta-feira (28) que, caso o governo estadual consiga realizar uma compra direta de vacinas contra a Covid-19 com algum laboratório, a Assembleia está disposta a devolver cerca de R$ 50 milhões economizados em 2020 e que estão em caixa.

“O governador Mauro Mendes (DEM), viabilizando essa compra, que eu acho que é uma grande inciativa, como sabemos que há dificuldade para isso devido a recursos, a Assembleia disponibilizaria parte das suas economias para que isso seja possível. Os deputados concordaram que podemos ajudar com até R$ 50 milhões em devolução para que o governo realmente conseguisse fazer essa compra direta”, disse ele.

Conforme Max Russi, a vacinação é de extrema importância para que a economia do estado volte a girar.

“A gente entende a importância da vacinação e o governo federal está muito lento no avanço da vacinação Na visão mais macro possível, queremos vacinar nossa população porque, dessa forma, a gente vai voltar nossa economia, e isso vai refletir em aumento de receita, na criação de novas empresas”, afirmou.

Ele ainda ressaltou a preocupação por parte da população.

“Existe uma dúvida muito grande por parte da população em relação à pandemia, em relação à doença, e precisamos ter mais tranquilidade, que só virá através da vacina. Por isso a Assembleia e todos os deputados entendem que se o governo precisar de qualquer apoio para provar alguma legislação que facilite a compra direta dessa vacina, terá o apoio de todos os deputados”.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *