Prefeito de Lucas diz que é mais viável não mudar concessionária desde que faça duplicação na 163 no Nortão

Prefeito de Lucas diz que é mais viável não mudar concessionária desde que faça duplicação na 163 no Nortão
Compartilhe

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz, disse, ontem à tarde, na reunião com o presidente da Rota do Oeste, Renato Bortoletti e o diretor de Comunicação e Relações Institucionais Roberto Madureira, que “é muito mais viável que a Rota  continue na concessão (da BR-163 em Mato Grosso) e faça as obras necessárias, do que a empresa sair e o governo ter de licitar novamente”. A previsão é que a duplicação do trecho entre o Posto Gil e Sinop -336 km- e da Rodovia Imigrantes em Cuiabá até 2025. seja concluída dentro de 4 anos (até 2025)

Os diretores apresentaram as propostas que farão parte do termo de ajustamento de conduta, que será firmado com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), após anos de cobranças da sociedade organizada, através de entidades, e o poder público para serem feitas melhorias que deveria ter sido executadas, dentre elas a duplicação da rodovia no Nortão proporcionando maior segurança e para reduzir os constantes acidentes com mortes. Há poucos dias, a OAB Mato Grosso concluiu, após meses de trabalho com lideranças, o relatório cobrando revisão de ‘plano de cura’ da BR-163 no Estado e obras em pontos críticos

O termo de ajustamento contempla a saída da Odebrecht TransPort do controle acionário, a entrada de um novo investidor e a busca de novos financiamentos para a execução das obras. O documento ainda não foi firmado com a ANTT. Caso não haja acordo, a alternativa é a devolução amigável da concessão, uma vez que a empresa não conseguiu executar o contrato estabelecido em 2014.

O prefeito ressaltou a importância da construção das vias de acesso, trevo, viaduto e passarelas. Segundo ele, alguns projetos já foram protocolados e precisam ser revistos. “Precisamos avaliar bem os projetos para que seja feito o melhor para o município, tendo em vista o valor das obras e a importância delas no fluxo de mobilidade de Lucas do Rio Verde,” declarou, através da assessoria.

A empresa e o município devem se reunir a cada dois meses. A próxima será mês que vem, em Cuiabá, com a participação do prefeito e a equipe técnica da concessionária.

Política – Só Notícias
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *