Jovem agredida em resort de luxo recebe apoio da polícia para retirar objetos pessoais da casa do marido em MT | Mato Grosso

Jovem agredida em resort de luxo recebe apoio da polícia para retirar objetos pessoais da casa do marido em MT | Mato Grosso
Compartilhe

A Polícia Civil informou que Helen Machado não pediu medidas protetivas. Ainda segundo a polícia, o crime de lesão corporal por violência doméstica dispensa reapresentação e o inquérito policial segue em andamento na Delegacia de Chapada dos Guimarães.

No dia dos fatos, o suspeito foi encaminhado à Delegacia onde foi autuado em flagrante e encaminhado para a Cadeia Pública do município.

No entanto, de acordo com a Corregedoria de Justiça, a vítima foi ouvida e não quis manter a prisão do suspeito. Com isso, o Ministério Público solicitou a soltura do marido e a Justiça acatou.

O suspeito, de 52 anos, passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica.

Nas redes sociais, Helen Machado desabafou.

“Só esperou que ninguém passe o que passei, que ninguém sinta o medo que senti, o desespero que passei, e a dor que estou sentindo ainda”, diz.

Vídeo mostra momento em que jovem é agredida pelo marido em suíte de resort de luxo em MT

Imagens gravadas por outros hóspedes do local registraram o momento da agressão. No vídeo, é possível ver e ouvir a discussão do casal por uma das janelas do apartamento.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima solicitou ajuda a funcionários do hotel depois da agressão.

No local, uma mulher de 32 anos, que se apresentou como filha do suspeito, tentou impedir que os policiais entrassem no bangalô, onde estava o pai.

Segundo o boletim de ocorrência, a filha estava bastante alterada e insultou e agrediu os policiais com tapas. Ela ainda bateu nos funcionários do hotel e teve que ser algemada.

Ao saber que seria encaminhado à delegacia, o suspeito resistiu à prisão e assim como a filha, precisou ser algemado.

O pai e a filha foram conduzidos à delegacia de Chapada dos Guimarães. A mulher foi liberada mediante termo de compromisso e o suspeito da agressão, autuado em flagrante pela lei Maria da Penha.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *