Prefeitura de Primavera do Leste (MT) volta atrás e desiste de retomar aulas presenciais | Mato Grosso

Prefeitura de Primavera do Leste (MT) volta atrás e desiste de retomar aulas presenciais | Mato Grosso
Compartilhe

A Secretaria de Educação de Primavera do Leste (MT) desistiu da retomada das aulas presenciais devido ao aumento de casos da Covid-19 nos últimos dias. Com isso, as aulas serão retomadas online, assim como foram realizadas durante o ano passado.

Com o aumento no número de contaminados, foi publicado um novo decreto municipal pelo prefeito Léo Bortolin (MDB) visando a prevenção da Covid-19 e essas foi uma das medidas tomadas.

Segundo a secretária de Educação, Adriana Tomazoni, foi feito um planejamento para o retorno das aulas, mas, com o aumento no número de casos, houve definição pela continuidade das aulas de forma remota.

“Apesar do nosso desejo e de toda a preparação que nós tivemos em 2020, nós entendemos que pelo avanço desse quadro nesse momento, não temos segurança total para que esse retorno aconteça neste momento presencial. Então nós retornaremos o ano letivo no dia 8 de fevereiro, mas ainda de forma remota até que a gente tenha um quadro de maior segurança pro retorno presencial”, afirma.

Ela citou que, no planejamento para o retorno presencial, tinham sido comprados tapetes sanitizantes, termômetros, álcool em gel e máscaras.

As matrículas foram feitas pela internet entre os dias 12 e 16 deste mês e as rematrículas automáticas, em novembro de 2020.

De acordo com o último boletim epidemiológico publicado nesta quinta-feira (21) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), em Primavera do Leste, foram confirmados 6.285 mil casos de Covid-19 e 116 mortes em decorrência do vírus.

Já no estado foram registrados 205.162 casos da Covid-19 e 4.902 óbitos em decorrência da doença.

Vacinação no município

Na quarta-feira (20), a prefeitura iniciou o programa de vacinação no município. Primavera do Leste recebeu 1.232 mil doses da vacina que será destinada para profissionais da saúde segundo as orientações do Ministério da Saúde. As doses vão atender 616 pessoas do grupo prioritário.

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *