Produto para crescer barba e cabelo, minoxidil tem alta de 64% em importações – 22/01/2021 – Painel S.A.

Produto para crescer barba e cabelo, minoxidil tem alta de 64% em importações – 22/01/2021 – Painel S.A.
Compartilhe

No ano em que as compras de produtos estrangeiros pelo Brasil caíram 10,3%, a importação brasileira de minoxidil, produto farmacêutico utilizado para estimular crescimento de barba e cabelo, teve alta de 64%, segundo dados do ministério da Economia.

No total, foram importados US$ 2,6 milhões do fármaco, pouco mais de US$ 1 milhão que em 2019. Em relação a quantidade, as compras somaram 21,6 mil quilograma líquido, ante 11,8 mil do ano anterior. Cerca de 79% dos medicamentos vieram da Índia, ainda segundo as informações do governo.

A comercialização do produto no país também cresceu. Durante todo o ano de 2020, foram vendidas 1,85 milhão de unidades do medicamento, uma alta de 11,7% na relação com 2019. O dado é da IQVIA, uma das maiores consultorias de informações sobre saúde, e foi obtido pela coluna por indústrias do setor.

A médica dermatologista especializada em tricologia (ramo que estuda pêlos e cabelos) Ana Lúcia Junqueira diz que houve uma alta na busca por esse tipo de tratamento durante a pandemia.

“A procura aumentou bastante. Não tenho um número consolidado, mas estimo que algo entre 20% e 30%”, afirma Junqueira. “O fato de as pessoas terem mais tempo para se cuidar e de ficarem mais em casa fez com que elas se observassem mais. Elas também passaram a se ver nas vídeoconferências.”

A médica diz ainda que fatores ligados ao estresse do distanciamento social e efeitos da própria infecção pelo novo coronavírus acentuam a queda de cabelo, o que pode ter levado a uma maior busca por tratamento capilar.

Junqueira afirma que nos últimos cinco anos houve um crescimento progressivo nas consultas para cuidar das falhas em barbas e nos cabelos. Embora os produtos possam ser adquiridos pela internet sem receita, ela diz que é preciso fazer sempre acompanhamento médico para saber a quantidade exata do remédio e o tempo ideal para utilizá-lo.

“É essencial que haja uma consulta com dermatologista até para saber se a pessoa pode usar o produto e como ela vai reagir ao seu uso. Pode haver irritação na pele se não for usado de forma adequada”, afirma.

Segundo Junqueira, o minoxidil é um medicamento que surgiu para tratar a pressão, mas que com o tempo, ao se analisarem os efeitos, foi descoberto que o produto prolonga a fase de crescimento de cabelo e de pelos. Hoje o minoxidil é muito mais adotado na tricologia, diz.

Filipe Oliveira (interino), com Mariana Grazini e Arthur Cagliari


LINK PRESENTE: Gostou desta coluna? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Source link

O Noroeste
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *