Mauro assina carta que cobra de Bolsonaro melhor desempenho da diplomacia para compra de vacinas

Mauro assina carta que cobra de Bolsonaro melhor desempenho da diplomacia para compra de vacinas
Compartilhe

O governador Mauro Mendes (DEM) é um dos 15 signatários de uma carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cobrando ações da diplomacia brasileira para a compra de vacinas contra o novo Coronavírus no exterior. O objetivo é que os diplomatas destravem as compras das vacinas Oxford AztraZeneca, da Índia, e do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), da China, insumo necessário para continuidade da fabricação da Coronavac no Instituto Butantan.

“Solicitamos a essa presidência que seja avaliada a possibilidade de estabelecimento de diálogo diplomático com os governos dos países provedores dos referidos insumos, sobretudo a China e Índia, de modo assegurar a continuidade do processo de imunização no país” diz trecho da carta, que enfatiza “a relevância do pleito ora apresentado para o sucesso da estratégia nacional de vacinação”.

A carta foi assinada pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT), e, além de Mauro Mendes, teve apoio dos governadores de Renan Filho (MDB-AL), Waldez Góes (PDT-AP), Camilo Santana (PT-CE), Renato Casagrande (PSB-ES), Flávio Dino (PCdoB-MA), Romeu Zema (Novo-MG), Helder Barbalho (MDB-PA), João Azevêdo (Cidadania-PB), Paulo Câmara (PSB-PE), Fátima Bezerra (PT-RN), Eduardo Leite (PSDB-RS), Belivaldo Chagas (PSD-SE) e de João Doria (PSDB-SP).

O embarreiramento comercial com os dois países, dizem os especialistas, se deve à falta de habilidade política internacional do governo Bolsonaro. Contra a Índia, pesa a posição contrária do Brasil à quebra de patentes das vacinas defendida pelo país asiático na Organização Mundial do Comércio (OMC) e contra a Índia pesam as inúmeras declarações hostis de filhos do presidente Bolsonaro, de ministros e do próprio presidente.

Ontem, conforme Só Notícias já informou, o governador pediu apoio de um instituto para que a China venda 1 milhão de doses de vacinas para Mato Grosso considerando que o Estado é o maior vendedor de soja e outros produtos para a China.

Política – Só Notícias
Read More

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *