Flamengo bate Palmeiras e afasta rival da luta pelo título brasileiro

Flamengo bate Palmeiras e afasta rival da luta pelo título brasileiro
Compartilhe

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Num confronto direto pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras jogou mal diante do Flamengo nesta quinta-feira (21), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e acabou derrotado por 2 a 0.

O time alviverde praticamente repetiu a mesma escalação que havia goleado o Corinthians na segunda-feira (18), por 4 a 0. A exceção foi Mayke, suspenso, que deu lugar a Marcos Rocha.

Com o resultado, o Flamengo foi a 55 pontos, em terceiro, a quatro do líder Internacional (59) e ainda terá um confronto direto com os gaúchos. Já o Palmeiras, estacionado nos 51, ficou um pouco distante da briga pelo título.

Num jogo em que a qualidade técnica das duas equipes é elevada, qualquer oportunidade perdida ou vacilo na defesa pode custar caro.

O duelo em Brasília poderia ter tomado um rumo diferente se o palmeirense Willian não tivesse perdido um gol logo aos 3 minutos de jogo, sozinho na área, com o goleiro Hugo praticamente batido.

Da mesma forma, ainda que tenha consigo segurar o ímpeto ofensivo do Flamengo, que depois do erro do atacante alviverde passou a dominar a partida, um vacilo de sua dupla de zaga fez a equipe paulista virar a etapa inicial em desvantagem, com um gol contra de Luan.

Depois que Arrascaeta invadiu a área e a bola passou no meio das pernas do goleiro Weverton, Kuscevic tentou salvar em cima da linha, mas chutou em direção ao próprio companheiro de zaga, aos 45 minutos.

Leia Também: Mateus Vital festeja ‘resposta rápida’ e o terceiro gol em quatro jogos

O erro do Palmeiras foi um dos reflexos da pressão exercida pelo Flamengo durante boa parte do primeiro tempo. Os cariocas chegaram a ter 60% da posse de bola, quase sempre no ataque.

Tabelas com toques rápidos entre Everton Ribeiro, Arrascaeta e Diego, além das infiltrações de Gabigol e Bruno Henrique, permitiam ao time carioca furar uma das defesas mais solidas deste Nacional.

Em 12 jogos no torneio sob o comando de Abel Ferreira (contando o confronto desta quinta), a equipe paulista não sofreu gol em sete –no geral, é a segunda defesa menos vazada, com 28 gols sofridos, três a mais do que o Grêmio, líder da estatística.

Depois do intervalo, o cenário foi muito parecido com o do primeiro tempo. Logo nos primeiros minutos, o Palmeiras desperdiçou uma boa chance com Gabriel Menino. Depois, ainda viu o Flamengo chegar ao gol novamente, com Pepê, aos 37.

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Renê (FLA); Raphael Veiga (PAL)

Gols: Luan (contra), aos 45min do 1º tempo; Pepê, aos 37min do 2º tempo

FLAMENGO

Hugo; Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique), e Filipe Luís; Gerson (Vitinho), Diego (Pepê), Everton Ribeiro e Arrascaeta (João Gomes); Bruno Henrique e Gabigol (Pedro).

T.: Rogério Ceni

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic e Viña (Gustavo Scarpa); Danilo (Gabriel Silva), Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga (Pedro Acácio); Willian (Lucas Lima) e Luiz Adriano (Breno Lopes).

T.: Abel Ferreira

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *