Trump adiciona Xiaomi à ‘lista negra’ dos EUA

Trump adiciona Xiaomi à ‘lista negra’ dos EUA
Compartilhe

O mandato de Donald Trump termina na próxima semana mas, aparentemente, o atual Presidente dos EUA ainda tem alguns planos para os dias que se seguem. Segundo o CNet, a administração Trump adicionou a Xiaomi (e outras oito empresas chinesas) à sua lista negra.

Agora, a fabricante chinesa de smartphones passa a ser considerada uma “empresa militar comunista chinesa”, o que significa que a Xiaomi deixará de receber investimentos de organizações e indivíduos nos EUA.

Os últimos relatórios apontam a Xiaomi como a terceira empresa com maior volume de smartphones vendidos, logo atrás da Samsung e da Huawei. “A empresa reitera que providencia produtos e serviços para uso cívico e comercial. A empresa confirma que não é detida, controlada nem afiliada ao exército chinês”, pode ler-se no comunicado da empresa.

Notícias ao Minuto Brasil – TechRead More

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *